Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

26 Mai, 2008

Vamos só imaginar

 

 
 
Já não é possível haver um governo que faça leis e governe segundo o seu critério de servir o país, porque será sempre contestado por sectores da sociedade que reivindicam o direito de serem eles a decidir do seu futuro.
Como é óbvio, há interesses opostos e inconciliáveis entre si. E, de uma forma ou de outra, o que todos querem é mais dinheiro. Sabendo-se que o governo não é uma sociedade de capitalistas, tem de concluir-se que ele acabará por ser considerado desnecessário. Aliás, bem vistas as coisas, até já há quem o considere.
Sem governo a servir de estorvo a tanta gente, cada um que se governe. Cada um que tome para si o que lhe interessa e o que deseja, desde que lhe possa deitar a mão.
A gente sabe que o povo é sereno e daí nada a recear. Mas, e os outros? Ah, os outros também são povo? Então quantos povos temos?
Ainda não chegamos aí, mas…