Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

afonsonunes

afonsonunes

02 Fev, 2013

Cristas à TV

 

A nossa ruralidade tem encantos que não podem andar arredados da televisão lusa. É o caso dos verdejantes campos alentejanos regados, no verão, ou a chuva miudinha que estraga as férias de inverno, dos reformados, no Algarve.

Mas não é só isso. Não esquecer que o país inteiro tem um colorido sem igual, quando enchemos o olho com um mar de cristas de galos e de galinhas, muito vermelhinhas, por aviários e galinheiros a perder de vista no meio rural.

É evidente que nas cidades também há cristas. Algumas bem interessantes, por sinal, tanto em frangas como em frangos de elevada qualidade visual. Mas essas já andavam nas televisões. Agora vêm aí as cristas do campo.

Bendita a hora em que alguém teve a coragem de se lembrar de que fazia falta, eu diria mesmo que era imperdoável não haver, um programa televisivo em que a gente possa ver cristas ao menos uma vez por semana.

Vai com certeza saber a pouco, no que me toca, pois eu adoro ver tudo o que diz respeito ao campo, embora não aprecie muito, que me metam na frente dos olhos, varas e varas de porcos, ainda que limpos por fora.

Mas, ainda assim, se forem mostrando belas cristas, de frangas e frangos que dão um especial colorido ao nosso ânimo, ainda perdoo a visão dos porcos, pois na vida, como na TV, tudo tem as suas compensações.

O que mais me assusta nesta conjuntura é a ameaça de privatização da televisão pública, agora intimada a transmitir uma nova TV Rural, sem o respeitável engenheiro que a viu nascer e que tristemente a viu morrer.

Ora, se privatizarem a TV pública, há o risco muito elevado de o comprador se estar nas tintas para o programa sobre cristas, que eu e tanta gente adoramos. Definitivamente, isso não. Antes aguentar o ministro TV mais uns tempos.

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.