Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

24 Jun, 2013

NUNCA TENHAIS MEDO

 

Hoje vou ao encontro do surpreendente Papa Francisco que exortou os fiéis e, dado o seu espírito aberto, atrevo-me a adivinhar que também os infiéis, a que nunca tenham medo de andar contra a corrente.

Aposto que esta corrente a que ele alude, vai criar aquela dupla interpretação, tão vulgar em todas as discussões sobre coisas importantes. No caso, a corrente contra e a corrente a favor.

Será uma questão de qualidade de quem fala. Cá para mim, ir contra a corrente, é o que está a fazer quem manda em nós. Logo, portugueses, atenção às sábias palavras do Papa. Quem manda não pode ter medo.

Se quem manda no país fosse a favor da corrente, iria na onda em que embarcaram quase todos os portugueses. Claro que quem manda, manda e, nem por sombras, pode ir atrás, só porque pudesse ter medo de tantos.  

Vemos o país quase inteiro a andar a favor da corrente. Vemos meia dúzia de valentões que mandam em nós, a demonstrar que não têm medo de andar contra a corrente. Nós, estamos já acorrentados e cheios de medo.

Mas, em contrapartida, desce a qualidade de quase todos os portugueses e aumenta a qualidade de quem dirige o país. Sem medo, mas com muita qualidade. Ganha no dia-a-dia. Quem a tinha vai-lha cedendo.

O Papa Francisco tem toda a razão. Que não tenham medo, todos aqueles que andam contra a corrente. Só que a corrente a que ele se refere é a corrente da prepotência de quem manda, contra todos os que os aturam.