Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

20 Ago, 2013

SILÊNCIOS

 

Vê-se mesmo que a política está de férias e o país está muito mais tranquilo, embora ainda haja alguns, a alimentar as chatas e cansativas necessidades televisivas. Talvez esses não possam mesmo ir de férias.

Quase apostava que não é por medo de perder o lugar, como aqueles operários que, ao regressar de férias, encontram as empresas fechadas e ficam a ver navios em relação aos salários em dívida.

Daí que me incline para o facto desses incorrigíveis faladores não quererem deixar acumular os muitos assuntos que têm em memória e perderiam a validade se, por acaso, não fossem expelidos de imediato.   

Agora o que me surpreende é o silêncio de Maduro, apesar de não ter ouvido dizer que foi de férias e para onde. É pena, pois todas as coisas que ele tinha na ideia, devem estar a criar bolor com esta interrupção.

Já não me surpreende o silêncio de Portas. Desconfio que o conselho de ministros a que presidiu, deve ter aprovado uma norma no sentido de que quem fala é ele. Apenas ele. E ele ainda está a pensar no que vai dizer.