Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

22 Ago, 2013

3 Líderes 3

 

 

Isto não é o reclame a um qualquer espetáculo. É apenas uma maneira que encontrei, de me referir a três líderes que, no meu entender, são três cabeças de cartaz que só contribuem para que os recintos fiquem vazios.

Recintos que até podem ter mais ou menos gente e ter muito barulho lá dentro, principalmente, produzido por potentes aparelhagens de som. Mas vazios de palavras, de ideias e de propostas dos líderes que ali falam.

Temos aí uma campanha eleitoral onde os três líderes dos três partidos do arco da governação, vão esfalfar-se por convencer o zé-povinho de que são os maiores nas garantias de bem-estar aos seus apoiantes.

Não são os únicos, mas refiro apenas esses três. PSD e CDS no poder e PS na oposição. A minha primeira leitura da situação é a de que entram os três a perder nessa corrida sem interesse. Por causa dos líderes que têm.

Passos é um líder fraco, que fez um governo fraco, e só conseguiu criar desilusões à sua volta. Aqueles que podiam ter sido os seus melhores colaboradores, cedo se mostraram indisponíveis para lhe seguir os passos.

Portas é um líder inteligente mas não é capaz de controlar essa inteligência no sentido de a tornar útil ao crescimento e utilidade do partido. Uma cabeça de andorinha que muda de rumo a todo o momento.

Seguro é um líder inseguro, aparentemente, cheio de boas intenções, mas disso está o inferno cheio. Fala muito, mas acaba por dizer sempre a mesma coisa. E, quando assim é, mais cedo ou mais tarde, outro líder virá.

Como se o país estivesse em condições de ajudar estes líderes a crescer e a tornarem-se úteis a quem os elege, tudo está a arder à sua volta. Com eles metidos na piscina. E assim vai o país. Melhor, e assim o país não vai.