Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

 

 

Tenho ouvido elogiar tanta coisa estúpida que só posso concluir que a estupidez está implantada até aos mais altos níveis da sociedade. Até às mais altas instâncias nacionais e internacionais. Inclusive as de poder.

A menos que a estupidez tenha, entretanto, mudado de nome e seja agora o símbolo do bom senso. Provavelmente, sem que me tenha apercebido, os tradicionais valores humanos mudaram a sua génese.

Já não é estupidez tratar mal as pessoas, seja a que nível for. Seja através de ações individuais, seja através de medidas legislativas que visam condenar as pessoas a modos de vida completamente desumanos.

A esses procedimentos chama-se hoje inteligentemente ajustamentos. Que visam, cada vez mais, cavar profundas desigualdades na sociedade. E isso, hoje em dia, não é desumano. É puro sentido de coragem.

Arranjam os inteligentes muitas maneiras de levarem por diante os seus processos de mudança, do que sempre foi justo, honesto e sério, para fanático, fundamentalista, ideológico ou exacerbado egoísmo social.

Ao mais abominável e violento assalto ao dinheiro das pensões e reformas, chamam convergência. É a última invenção da justiça que eles inventaram. Mas não será a última, pois a sua voragem não tem limites.  

E há quem elogie tudo isto, e todos os que fazem isto. Não posso concretizar o tamanho dos benefícios que daí retiram. Mas posso garantir que não vão mudar de campo. Mas apetecia-me dizer… Não, não digo…