Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

afonsonunes

afonsonunes

 

 

Cavaco sempre teve uma forte tendência para mandar recados, uns, mais coisa e tal, outros coisa e tal a menos. Já todos conhecemos os recados que fizeram dores de cabeça a bons governantes ou a maus governos.

Também já saíram de Belém sensatos recados para as mais diversas instâncias internacionais. Agora, de lá saiu mais um com destino à troica que acaba de chegar ao nosso país. Um recado de curta distância.

Ao que li algures, o recado aconselhava bom senso aos avaliadores do estado do país. Desta vez não percebi lá muito bem o objetivo do recado. Então quem precisa de bom senso não são os nossos negociadores?

E, vá lá, também quem controla os nossos negociadores, obrigando-os a travar a fundo ao negociar a queda no precipício. Essa coisa do bom senso não deve pedir-se, quando quem o pede notoriamente não o tem.

Quando Cavaco envia recados sabemos o seu conteúdo, porque ele é divulgado. Mas, não me recordo de alguma vez ter tido conhecimento de respostas a esses recados. Mas elas devem ter existido, certamente.

No caso presente, em que Cavaco aconselha bom senso à troica, gostava especialmente de saber o recado de resposta. Não creio que o consiga. Mas, penso que a troica terá retribuído a cortesia dos votos de bom senso.

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.