Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

17 Nov, 2013

O FIEL AMIGO

 

 

Tanta coisa que podia dizer-se sobre o fiel amigo. Para ser mais preciso, sobre os fiéis amigos, que são muitos e de muitas espécies. Normalmente, é do bacalhau que se fala como o mais fiel e antigo de todos os amigos.

Também o cão é um fiel amigo que lambe as botas do dono em todas as circunstâncias e em todas as ocasiões. Mesmo que passe fome ou leve pancada de o deixar de rastos. E há quem faça isso sem dó nem piedade.

Mas há mais fiéis amigos. Há homens e mulheres que têm amigos de uma servidão a toda a prova. Têm muitos amigos mas não são amigos de ninguém. Há ali uma relação do dono mau com o cão sempre maltratado.

Há pessoas que parece terem nascido para serem tratadas como cães que tiveram a desdita de ter donos do tipo de certos políticos que exigem que tudo e todos lhe sejam fiéis, mesmo que lhes tirem o pão da mesa.

Hoje, chegamos ao desplante de sermos convidados a aliar-nos àqueles que se julgam nossos donos, para que aceitemos de boca fechada e mãos atadas, tudo o que nos oferecem, para que nos batam sem uma queixa.

Que nos batam, que nos maltratem, nem sempre o podemos evitar, dada a nossa fraqueza perante a sua força. Mas não queiram que os ajudemos com o nosso consentimento. E que ainda lhes digamos muito obrigado.

É evidente que há pessoas, os seus fiéis amigos, que o fazem com todo o gosto. Há pessoas que dizem obrigado, porque levam beijos e abraços em lugar de pancada. Mas também há fiéis amigos que gostam de pancada.

Os gostos não se discutem, evidentemente. Que apanhem muita ou pouca é lá com eles. Já é o cúmulo do descaramento pretender que o país inteiro lhes siga as pisadas. Como se eles pudessem servir de exemplo a alguém.

Até parece que o país chegou àquele ponto em que há meia dúzia de estúpidos a estragar a vida de milhões de espertos, que aprenderam a ser verdadeiros fiéis amigos. Ou será que é exatamente o contrário?