Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

 

 

É o sucesso dos milhões cobrados aos devedores de impostos que, por obra e graça deste governo, foi possível realizar esse milagre vindo do mais além dos aléns. Pena que os cumpridores não tenham visto o furo.

Pena também que quase outros tantos milhões tenham deixado de ser cobrados, por terem prescrito os processos de cobrança coerciva. E assim, fica provado à evidência que há funcionários em excesso. É só poupar.

Fica no entanto a certeza de que, no futuro, não vale a pena ser cumpridor e, entretanto, os tansos e mansos contribuintes, funcionários públicos e pensionistas à cabeça, vão tapando todos os buracos abertos no escuro.

Os menos tansos e um pouco menos mansos, vão-se digladiando como podem e onde podem, puxando a brasa à sua sardinha, ou defendendo os seus ideais, nem sempre apenas com base nas suas sinceras convicções.

Depois, fala-se em arregimentados, como se houvesse quem se dedicasse a servir de puxa sacos de alguém, que não aceitaria coisas dessas. Aliás, eu próprio não acredito em arregimentados, para além dos que falam neles.

Num outro nível, são os pareceres que estão na baila. Cá para mim, os pareceres não são o que parecem e muito menos o que querem que eles digam. E eles reproduzem quase sempre a voz do dinheiro que os pagou.

E à volta de tudo isto andam os sucessos, os grandes sucessos, ou os enormes sucessos, conseguidos com os milhões que jorram de todos os lados. Com tantos milhões à vista, o défice está garantido sem mais cortes.