Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

afonsonunes

afonsonunes

10 Jan, 2014

PAGAMOS BEM

 

 

Os nossos muito estimados benfeitores dos mercados, acabam de dar uma preciosa ajuda à nossa sobrevivência. Ontem, tiveram mais um ato misericordioso no sentido de fazer felizes os seus agentes nacionais.

Esses agentes rejubilaram com o sucesso que proporcionaram aos seus queridos agiotas. O caso não era para menores manifestações de regozijo. Podiam ter ido para a nossa vizinha Espanha ou mesmo para a Irlanda.

Mas, ‘graças a Deus’, preferiram vir meter aqui os seus milhões, pois podiam fazer esse favor a outros. Ninguém venha dizer que vieram atrás de juros especulativos. Nada disso. Para os seus agentes até é baratinho.

E, para os contribuintes, coitados, é só mais um ínfimo sacrifício. Que é lá isso de pagar juros de 4,6 ou 2,3 ou 3 e tal. Isso vai ser tudo igual ao litro. E, afinal, daqui a cinco anos quem cá estiver, então, que se desenrasque.

Até pode ser que sejam eles, os mesmos, a desenrascar-se. Nesse caso, a solução já está estudada e decidida, com a habitual estratégia de mestre. Isto, se ainda houver serviços públicos e funcionários públicos. Talvez não.

Os beneméritos agiotas, esses estão cá de certeza para cobrar a maquia. Os seus agentes estarão todos, como estão agora os vinte e três da EDP, que não tem só chinocas. Nem andam todos por lá com os olhos em bico.    

Os beneméritos agiotas sabem que não são os seus atuais agentes a pagar-lhes os juros. E sabem também que os contribuintes portugueses nunca poriam as dívidas em causa, até porque a UE não deixaria.    

O chefe nacional dos agentes da agiotagem já deu o primeiro passo para tentar que não venha outro qualquer intrometer-se nestes negócios de sucesso. O povo diz que são negócios da China. E paga com todo o gosto.

Em 2015 o negócio também está garantido, nem que seja necessário recorrer a favores especiais dos agiotas amigos, para que seja um ano de estrondoso sucesso. Se ainda houver contribuintes, tudo será bem pago.

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.