Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

afonsonunes

afonsonunes

23 Jun, 2008

Palhaçar

 

 
 
Anda por aí muita gente a palhaçar… Perdão, este verbo não me soa bem. Será que ele não existe? Se não existe, devia existir, pois evitaríamos dizer duas palavras para o substituir: fazer palhaçadas.
Depois dizem que temos a língua comprida. Nem podia ser de outra maneira, por causa destas e de outras esquisitices gramaticais, que nos obrigam a estendê-la cada vez mais.
Porém, também já nada se resolve sobre esse assunto, pois isso de rever a gramática é muito mais complicado do que rever a Constituição da República, devido a todos aqueles que gostam da má língua. Mas isso agora não vem a propósito.
O mundo precisa de muitos e bons palhaços, porque o moral das tropas anda muito por baixo.
Falando de palhaços logo se pensa em circo. É aí que temos o gosto de os ver de tempos a tempos, especialmente nas quadras festivas. É pouco, muito pouco para quem tanto precisa de rir e sair do ambiente macambúzio que nos dão as televisões, sempre a martelar nos mesmos temas, propostos pelos mesmos chatos de todas as noites. 
É claro que também há quem lhes chame palhaços, o que não é correcto, além de não ser justo. O seu a seu dono, apesar de estar cada vez mais na moda, o mau hábito de tentar ter graça à custa dos disparates que se atiram para o ar. É o que acontece com esses chatos.
É que o riso que os chatos nos provocam não tem nada a ver com o riso que vem dos palhaços.
Era bom poder substituir todos os chatos por palhaços, para que o moral das tropas pudesse subir até ao rosto.
Nós, que somos as tropas, apenas nos vemos envolvidas em guerras que não nos dizem respeito, em teatros de operações que têm cenários virtuais em excesso.
Por isso, com toda a humildade e em posição de sentido, pedimos aos senhores oficiais, e até a alguns sargentos, que troquem esses teatros de operações por circos de boa qualidade, com um bom elenco de palhaços, cómicos a sério, porque as tropas precisam de rir, antes que desatem a chorar.
 
 
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.