Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

 

 
 
Todos sabemos perfeitamente o que nos diz uma série de pessoas que têm o privilégio de fazer ouvir a sua voz, ao contrário de quem sofre em silêncio as agruras de vidas angustiantes.
Bradam aqueles contra todas as medidas de quem está no poder, mesmo conhecendo os motivos que as determinam, ou ignorando esses mesmos motivos, substituindo-os por argumentos falsos, demagógicos e até puramente fantasiosos.
Sendo reais e verdadeiras as consequências de algumas dessas medidas, quase nunca se referem as consequências que resultariam da sua não implementação. Verificamos até, que as críticas surgem de igual modo, quer se faça, quer não se faça, simplesmente porque se diz que se fez mal, fazendo, ou não fazendo.
Pois bem, o que eu gostava de ouvir, era o que faria quem fala, se tivesse a possibilidade de fazer. Poderia até dar um forte contributo para que quem manda, mandasse melhor, atendendo a que ninguém gosta de se ver ultrapassado por ideias melhores que as suas. É por isso que a crítica é salutar e é por isso que o sentido crítico é fonte de desenvolvimento.
Porém, verificamos no dia a dia que cada vez há menos gente influente capaz de pensar, preferindo enveredar pelo caminho fácil da tentação de agradar a quem eles julgam que não pensam.
,Mas, quem luta pela vida, com muito mais esforço que eles, é mesmo obrigado a pensar, porque está em causa a sua sobrevivência e a dos seus familiares. E, muitas vezes, aquilo que mais indigna os necessitados, é constatarem que quem mais fala em defender-lhes os interesses, é quem mais os atraiçoa, com a sua incorrigível mania de benfeitores que só sabem mandar os outros praticar o bem.
Antes dos actos eleitorais todos prometem mudanças que sabem de antemão que não poderão fazer. Simplesmente, porque são demasiado fracos, para vencerem os fortes, a quem terão de se aliar para continuar no quentinho.
É o mundo que está assim. Não adianta andar por aí a proclamar que é preciso mudar de política, ou que os políticos são todos iguais.
Um leão sozinho não convence todos os outros a poupar uma vítima.
É por isso que eu gostaria de ouvir como se faz, em lugar de ouvir tanta conversa fiada, tendo em conta o que é possível fazer e não aquilo que gostaríamos de ver feito.
De sonhos, só se vive em pensamento.