Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

28 Mai, 2009

Sorriso

 

O sorriso não se compra no supermercado ou na farmácia, mas pode encontrar-se em qualquer local, desde que tenhamos engenho e arte para descobri-lo. Não está embalado, não tem rótulo, nem tem promoção de venda.
O sorriso é perfume fora do frasco, é uma brisa em espaço fechado, é uma saudação silenciosa. Sorrir é sinal de paz nas consciências e é uma maneira de dizer aos outros que estamos com eles nos bons e nos maus momentos da vida.
O melhor sorriso do mundo está nos lábios de um bebé quando olha demoradamente os olhos da mãe. Esse, sim, é o sorriso da pureza, é a pergunta que não pede resposta, é a confiança de ter sempre tudo, sem nada ter de pedir.
E não há melhor resposta para um ser tão débil, que um sorriso de mãe, para o filho que tem no colo.
Olhando agora para os crescidos, até parece que quase ninguém se lembra que já foi bebé, que já teve um olhar assim, que já sorriu como agora não é capaz de sorrir, que não conseguirá sequer pensar, como e quando perdeu a pureza desse olhar e desse sorriso.
Vale a pena ir às reminiscências da sua origem e tentar descobrir se perdeu tudo isso por culpa própria ou alheia. E, já agora, ao menos neste momento, liberte o melhor sorriso que conseguir mostrar. Ainda que não consiga segurá-lo por mais que uns breves instantes.
Mas, não tente sorrir apenas para a fotografia. Pode não passar de um momento de ilusão. Um bom sorriso é muito mais que isso.