Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

20 Fev, 2014

A VIGARICE VINGA

 

 

Em cada vinte e quatro horas que passam o estado é roubado em todos os minutos, em muitos milhares de euros, por muitos milhares de pessoas. Alguns milhões de outras pessoas, não têm um minuto de vida decente.

Porque o estado, em muitos aspetos também rouba pessoas mas, nitidamente, deixa-se roubar à vista desarmada e nada faz para que tal não aconteça. E a troica, tão zelosa dos interesses do estado, não vê nada.

Ou talvez veja, mas faz vista grossa. Como normalmente se faz vista grossa aos desmandos de certos amigos. E eles, pelos seus amigos, fazem tudo. Até acreditam em todas as patranhas que lhes impingem. E tecem elogios.

A comunicação social todos os dias se faz eco do que vai por aí. E fala dos que roubam e dos que lhes mandam dizer que roubam. Mas rouba-se muito. Pelos tribunais passam poucos de uns e de outros. Todos se safam.

Uns, saem com ar vitorioso por terem sabido roubar tão bem, outros saem condenados de faz de conta. Mas, o dinheirinho em causa é que ninguém lhes tira das contas. Dizem alguns que o crime compensa.

Eu diria que a vigarice vinga. É mais ou menos a mesma coisa. A troica e o governo diriam o mesmo, se quisessem ver. Mas não querem. Ainda vou vê-los às turras. Mas só quando a troica tiver que roubar governantes.

Obviamente que isso só acontecerá quando já não houver mais ninguém para roubar. Provavelmente, o governo será então capaz de tomar uma atitude corajosa e entregar-lhe as dívidas como forma de pagamento.

Maria Luís vai culpar os Merkel-istas pelos seus históricos conluios passistas. Portas vai atirar-se aos FMI-istas e aos Luis-istas pelas suas curtas vistas. Passos vai estar numa de Seguro-ista para não sair da pista.

Numa coisa os portugueses estão convencidos de que são os mais sensatos do mundo. Não se roubam uns aos outros. Tal seria falta de solidariedade. Daí que tantos pensem que roubar o estado é que é bom.