Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

04 Mai, 2014

ALMOFADA ANTI SONO

 

 

Segundo informação publicada, o nosso muito estimado governo adquiriu uma almofada que nos está a custar mais de um milhão por dia. O mesmo é dizer que, além do mais, nos está a roubar o sono.

Isto foi a grande compra que nos custou os olhos da cara. Ora, sem olhos para ver, também não temos olhos para fechar na hora de dormir. Nem seria preciso dizer mais, para festejar a desejada limpa.

É assim que nos ‘limpam o sarampo’, que é como quem diz, que nos fazem uma limpeza geral às algibeiras, para sujar outras algibeiras com o dinheiro que vai mesmo sujo pelo suor dos portugueses.

Mais de um milhão por dia durante tempos infindos, é demais. Só para alguns, muito poucos, mostrarem o seu enorme regozijo por encostarem as suas cabecinhas e as limpas consciências à almofada.

Portanto, trata-se de uma almofada limpa, mas que nos vai tirar o sono por muito tempo. Porque foi irrepreensível o método de limpeza adotado. Tal qual na limpeza do país: Uma limpeza a seco.

Rica almofada para quem a vendeu, para quem a comprou e para quem vai dormir com o dinheirinho a crescer-lhes debaixo da cama. Isto, sim, é uma limpa no verdadeiro significado dos limpos negócios.  

Sem dúvida que tudo isto é motivo de comemoração. O primeiro-ministro e os seus, juntaram-se hoje, em S. Bento. E o primeiro, secundado pelos segundos, fez a festa e lançou o foguetório.

A festa constou do discurso do costume, sem a praxe das palmas. O foguetório foi mais colorido que a festa. E o herói da jornada, o primeiro, fez a festa, lançou os foguetes e apanhou as canas.