Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes


Ainda bem que Marcelo é amigo de Costa e ainda bem que Marcelo não é amigo de Passos. Se calhar é porque Costa não tem amuos com Marcelo e também porque Passos anda farto de fazer elogios a Marcelo.
Porém, Passos tem uma maneira muito peculiar de fazer elogios a Marcelo. Como é o caso de ter dito que, ainda bem que Marcelo não é presidente do PSD. Senão, lá teria Passos de ser presidente de uma qualquer república, por exemplo, a república dos bananas.
É que Passos nunca poderia ficar atrás de Costa, mas gostaria de ser muito amigo dele, desde que o tivesse como seu adjunto. Tenho cá para mim que Passos ainda sonha em ser presidente da Caixa, tendo Costa como seu secretário.
Nesse caso, Maria Luis teria de contentar-se com um lugarzito de balconista, tendo Centeno como chefe da contabilidade. Passos passaria o seu precioso tempo a distribuir sorrisos por todo o seu pessoal, enquanto a Caixa seria o mais belo lugar do mundo para se mostrar.
Nada que se comparasse com a atual Caixa, onde Costa teve a infeliz ideia de não ter tido em consideração a categoria, a competência e o excesso de vergonha do competente e inimitável Passos.
No mínimo, o que vai acontecer, é que a Caixa virá mesmo a ser propriedade privada. Mesmo. Com mais Costa menos Centeno, com menos Passos e muito menos Maria Luis.
Certo, certo, é que Passos ainda virá a transformar em mimos e elogios, todos os arrotos que tem libertado contra Costa. O mesmo acontecerá a Maria Luis em relação a Centeno.
Portugal será então a república dos amigos e dos elogios. Amuos, nunca mais. Esta república de hoje, dos inimigos, dos obscenos e dos sem vergonha, tem os dias contados.
Sobretudo, porque Marcelo, não tolerará nada que não se resolva com afectos, com beijinhos e com abraços. E não estará longe o dia em que Catarina conquistará Jerónimo e ambos se juntarão ainda mais a Costa, que correrão para os braços de Passos e Maria Luis, para que aonteça o consenso geral à volta do mais que consensual Marcelo.