Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

14 Jun, 2014

BALBÚRDIA NO PS

 

 

Há coisas que eu não consigo mesmo compreender, por mais que puxe pelas pontas dos neurónios. É verdade que reina uma grande balbúrdia pelo PS. Mas, nos partidos da maioria, reina o quê?

Até parece que o país todo, navega num mar de calma, de ordem e de sossego, em que apenas o PS é desordem, barulho e confusão. Não, o PS faz parte do país, é uma parte do país e não quer destoar.

Acho mesmo que o PS está a servir o país, deixando que o PSD e o CDS, concluam a sua promessa e as suas obras, de restituir aos portugueses a sua credibilidade, a sua liberdade e o seu bem-estar.

Não é difícil adivinhar que o PS já terá concluído que, tão depressa, não daria nada disso a ninguém. Portanto, é lógico que não queira estragar o reconhecido trabalho desta maioria. Isto é bom senso.

Estas pretensas guerras Costa/Seguro, não passam mesmo de uma maneira airosa e disfarçada de ficar de fora do sucesso alheio. Logo, entrar na balbúrdia geral, é não querer assumir a balbúrdia sozinho.

Portanto, a todos os que não se cansam de apelar ao consenso, ou compromisso, do PS para com o poder, eu diria que parem com esse esforço inglório. Porque o PS está bem assim. Para vós, está ótimo.

Mas, se vós, os do poder, quereis mais, por exemplo, ajuda para as soluções mais difíceis, fareis bem em recorrer a Sócrates. Ele vos dirá como driblar o TC, bem como fazer tudo o que não o deixastes fazer.

Esta solução de compromisso e eficácia governamental, tem a grande vantagem de acabar com a constante pedinchice ao PS. Sobretudo, deixa-vos tempo livre para pensar em coisas de que o país precisa.