Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

afonsonunes

afonsonunes

28 Jan, 2016

Bom apetite!

 

Olá presidente amigo, tenho muita pena de não poder estar consigo nos almoços de aproximação à posse. Não porque não gostasse, mas porque não sou convidado para tão importante seleção de assuntos de estado.

É evidente que o meu interesse era simplesmente a apreciação do menu. Adoro comer bem. Consigo à mesa, não me sentiria defraudado como em tantos restaurantes. Já para não falar das barretadas que apanho em casa.

Para além disso, os assuntos de estado também mereceriam a minha especial atenção, ou não fosse eu um inconformado bisbilhoteiro. E se há assuntos que me fascinam… Que talvez nem sejam abordados sem mim.

Começo pela questão da Portaria do Palácio. Constou-me que se passou ali um autêntico aborto documental. Então seria de toda a conveniência que o porteiro desse imediato seguimento a tudo o que ali chega. No dia.

A presidência terá carros de toda a espécie, mas talvez não estejam bem aproveitados. Há que estabelecer regras de utilização rigorosas. Um Ferrari, não pode ser confundido com um Fiat ou com um carro vassoura.

Tem-se falado muito em caça à multa. Os agentes da autoridade preferem fazer sensibilização em lugar de passar multas. Convinha esclarecê-los que talvez haja gente mais vocacionada para isso. Logo, toca a substituí-los.

A grande questão nacional é agora o OE e as diferenças de visão do governo e da UE. Quanto a essas, eles que se entendam. Mas, quanto a mim, se estou afogado, prefiro correr um risco qualquer, a ir para o fundo.

Temos pela frente uma escolha muito difícil. As normais famílias portuguesas, ao que parece, querem Costa e o seu governo. As maiores empresas não querem Costa. Parece que preferem o assalto às famílias.

Por famílias normais entendo todas aquelas que foram vítimas dos últimos anos. Famílias anormais são aquelas que engordaram nos últimos anos. Empresas anormais são todas as que vivem só do que recebem do estado.

Para lembrar estas e outras coisas, gostaria de ter estado no tal almoço em Belém. Paciência! Pode ser que se tenham lembrado de algumas. Mas também gostava de estar lá, quando houver almoço igual, em S. Bento.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.