Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

afonsonunes

afonsonunes

15 Fev, 2016

Claramente

 

Vai por aí um burburinho que só não dá para rir porque os palhaços são de má qualidade. E essa falta de qualidade deriva do facto de quererem impingir umas atoardas que só as aceita quem andar mesmo adormecido.

Há uma camada da população que anda muito ao sabor de uma certa corrente que abunda na comunicação social. Que não repara sequer na cor aí dominante, nem repara tão pouco no porquê de tal predominância.

Como resulta daí um alarido com foros de indignação generalizada, há quem se deixe levar nessa coisa quase a roçar aquilo a que dantes se chamava lavagem ao cérebro, sobretudo dos que o têm muito pequenino.

Há quem lhe chame meter medo, ou intimidação. Há quem veja nas suas profecias um antro de fantasmas e nas suas fantasias, um estratagema para afastar o desastre do que foram as obras feias que veem agora a ruir.

Não conseguem compreender que o grande problema que eles veem nas diferenças com o que faziam ou elogiavam, passou a percorrer o caminho inverso no sentido de dar a quem tem menos e parar os que mais comem.

Como não conseguem compreender que as mexidas que se têm feito no inicialmente previsto, derivam simplesmente do facto de, agora, haver negociações. E, infelizmente, isso era coisa que outros não sabiam fazer.

Mas esses outros percebem agora claramente que se conseguiu inverter o rumo da errada distribuição de riqueza. Não tanto como era necessário. Mas já se nota. E os que agora se indignam, já sentem que algo vai mudar.

Entretanto, assiste-se a palhaçadas que só o desespero de quem as pratica e de quem as aceita, pode justificar. Por exemplo, a inauguração agora, por Passos Coelho, de escolas a funcionar há mais de um ano, em Paredes.

Depois, há lampejos diários de uns escribas que adulteraram jornais como o DN, como o semanário Expresso, ou o Económico, já para não falar dos tabloides CM ou Sol. Neste, até os blogues bloqueiam de vez em quando.

Outros, não mudaram agora, porque já estão assim há muito tempo. É por isso que uns vão fechando as portas depois de muito terem massacrado quem neles fazia o frete de cumprir más ordens. Até serem despedidos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.