Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

 

 

Um deputado nacional do PSD e um deputado europeu do CDS querem saber o teor das conversas entre Barroso e Constâncio sobre o BPN, no tempo em que o primeiro era PM e o segundo Governador do BdP.

Tem graça, mas eu também gostava de saber. Porque, como eles afirmam, têm direito à verdade. E têm por missão procurá-la. Mas a verdade deles é outra. Bem mais evidente que os seus escondidos desejos de a ocultar.

São muitos os que hoje sabem tudo sobre determinados assuntos do tempo em que ninguém sabia nada, incluindo os sabichões de agora. Que também deviam saber e, se sabiam, calaram as puras e virgens boquinhas.

Os dois referidos deputados pertencem aos partidos que mandam chover, ou parar a chuva, na AR. Onde se aprova toda a espécie de coscuvilhices que visem achincalhar a oposição. Incluindo os relatórios das comissões.

Onde se recusam todas as tentativas da oposição para esclarecer a verdade sobre as mentiras do governo e de todos os seus protegidos. Estas verdades não cabem nos deveres desses púdicos e sérios deputados.   

Dos lados desta atual maioria vemos denúncias e denunciantes aos molhos. Mas vemos também que é da área dessa maioria que todos os dias se vê como nascem novos e florescentes casos de forte corrupção.

Para além dos que andam abafados há tantos anos. Que não atam nem desatam, apesar de provados. E os tribunais entretidos com casos de denúncias que ninguém consegue provar. Esta é a verdade que lhes dói.

É por isso que esta sociedade ‘D. Gommes & N. Melro, Ldos’ é bem um caso puro de limitados nos seus deveres. Procurem a verdade por todos os meios sérios e objetivos. Porque a verdade não tem dono, nem patrão.

Assim sendo, deixem que outros colegas vossos, com iguais obrigações, procurem rebater, ou confirmar, as vossas conclusões. Em democracia não se bate: debate-se. E vós, sociedade de imbecis, só sabeis bater.