Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

afonsonunes

afonsonunes

26 Set, 2015

De PáF a PúF

 

Já lá vai meia campanha eleitoral e ainda se não ouviu da coligação de direita, nem uma linha do seu programa. Nem seria possível tal acontecer, já que, programa, é coisa que eles não têm. Mas têm de fazer campanha.

Até isso está a ser difícil por causa da barraca dos lesados. Obviamente que só alguns deles se manifestam, pois lesados são todos os portugueses. Até por serem considerados atrasados mentais por Portas, Coelho e Cª.

Mas onde é que já se viu uma coligação de atropelos às mais básicas regras da democracia, fazer uma campanha exclusivamente baseada em insinuações e interpretações, não do que ouvem, mas do que inventam.

Campanha em que as ameaças catastróficas são uma constante nas intervenções dos seus elementos. Esquecem que nunca serão esquecidas as catastróficas decisões que tomaram contra aqueles que agora tentam.

Sim, tentam agora, cinicamente, iludir os portugueses, atribuindo ao principal adversário, as suas diatribes dos últimos quatro anos. Tudo com aquela lata e estupidez natural, que pensam existir para além da deles.

De PáF até PúF, eles julgarão que são o que quiserem. Mas eles serão apenas e só, o que os portugueses demonstrarem no próximo dia quatro. Não adianta pretender martelar a opinião de quem vê tudo martelado.

Sim, porque eles têm especialistas no martelamento para todas as áreas. Nisso, são hábeis, truculentos, mas extremamente convencidos de que a coisa lhes resulta sempre bem. Lá virá um dia em que a coisa vai falhar.

Até podem sobreviver a quatro de Outubro, mas depois, nos dias que se seguem, poderão não ter quem lhes dê a mão. É mesmo provável que alguém lhes dê o pé. A menos que os ‘põe e tira’ não tenham vergonha.

Tal não surpreenderia. Os que vivem para pôr e tirar governos, nunca atacam só um dos possíveis vencedores. Para eles são, iguais. Esquecem que sem um deles, nunca serão nada. Portanto, de vergonha, tudo dito.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.