Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

 

Muito se tem falado no professor e na Bárbara. Diria mesmo que é uma barbaridade a importância que se dá a certas coisas. Ora, a D. Bárbara não é professora, logo não podia levar a juíza Joana a tratá-la como tal.

Sim, parece que o problema é que ela devia ter sido tratada do mesmo modo que o ex-marido pois, esse sim, é professor. Se a juíza lhe deu bons ou maus conselhos, ou se não foi boa para ela, isso nem sequer é original.

Também o escritor Umberto Eco foi muito referido na comunicação social. “As mentiras são mais fascinantes do que a verdade”. A frase é dele e quem agora citou o seu autor, não disse que só na morte se lembrou dele.

Tem acontecido assim com todas as grandes personalidades que nos deixam. Muita conversa, mas fazer como elas, isso é que não. Quem sempre as conheceu, nunca as imitou. Eco. sempre detestou os hipócritas.

“Parece que há pessoas que às vezes se esquecem que Cavaco ainda é presidente”. Esta é uma das muitas tiradas do grande criador de factos: Pedro Passos Coelho. Parece que se esquece que já não conta para nada.

Porque as pessoas a que se refere, já o esqueceram. Tal como já esqueceram o seu protetor. Não adianta invocar, em vão, a sua palavra de honra, ou tentar fingir que não foi ele quem mais ajoelhou em Bruxelas.

“Portas referenciado no inquérito-crime aos blindados Pandur”. Ninguém tem que se preocupar com estes inquéritos que, de crime, só têm o início. Depois, passam por Portas que fecham automaticamente. Nada de novo.

Portas também esteve referenciado no caso dos Sobreiros. Pois, esteve. Tal com esteve referenciado no caso dos Submarinos. Pois, esteve. Pois, é que a justiça tem referências e operações. E não há como compará-las.

“Nasci numa terra pobre, por isso sou socialista”. Quem o diz é Rui Nabeiro, uma das maiores fortunas do país, mas um grande Homem que muito tem dado a muita gente, sem nunca ter roubado nada a ninguém.

Hoje andei a rebuscar factos que circularam pelos jornais. Como não disse o treinador do Paços, depois do jogo com o Benfica, só perdeu porque o Benfica devia ter ficado em Lisboa. Isto são factos. Apenas e só factos…