Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

27 Nov, 2014

GENTE BOA

 

Ainda não percebi bem se gente boa é o mesmo que boa gente. De qualquer forma, o país tem disso aos milhões, a começar por quem andou e anda na política, bem como os cordeirinhos que lhes seguem os passos.

Quer esses passos sejam dados no bom caminho, quer se desloquem pelas sinuosidades dos atalhos mais obscuros. É frequente ver comentar cenas dessas, com palavras como, canalhices, ou comportamentos exemplares.

Em relação aos mesmos factos, o que quer dizer que tanto faz contar até oito, como até oitenta. E os factos deixam de contar, mesmo quando são conhecidos, para dar lugar à criatividade, movida apenas por sentimentos.

E os sentimentos têm muito que se lhe diga. Sentimentos de simpatia, sentimentos de ódio, sentimentos de raiva. E, porque não, sentimentos de estupidez nua e crua. Ou, pura e simplesmente, falta de sentimentos.

Podia até falar-se de ignorância. Mas essa, não é um sentimento. É uma infelicidade. Porque ninguém é ignorante por que quer. Mas pode ser-se por descuido ou por preguiça. Mas bem podia disfarçar-se a ignorância.

Ao exporem-se todos aqueles sentimentos ou a ignorância, de forma irracional, o que resta não são pessoas civilizadas, mas uma espécie de feras que se atiram sanguinariamente às suas vítimas de olhos fechados.

Isso não obsta a que se considerem boa gente, ou gente boa, sempre pronta a cativar outras gentes para as suas cruzadas. E os tempos que correm são realmente uma cruzada. Mas diabólica. Veremos como acaba.