Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

13 Set, 2014

LÁ VEM MAIS UM

 

 

Se não estou enganado vai chamar-se de fomento. Com os meus conhecimentos aprofundados em matéria de bancos, sou de parecer que devia chamar-se de fermento, visto que ainda anda na barriga de alguém.

Refiro-me ao tão falado Banco de Fomento que bem pode vir a ser mais um bando igual a outros que ainda estão fresquinhos na memória de todos os que têm tido a evangélica paciência de ouvir e pagar os desvios.

Espero que ninguém me leve a mal esta evangélica que apanhei no ar. Pareceu-me que ela vinha mesmo a calhar para a febre diabólica de criar bancos, deixar roubar bancos, deixar falir bancos, oferecer bancos. 

Realmente, é preciso ter muita paciência e gostar muito de ver bandos de aves de arribação passarem por cima das nossas cabeças e nós sem podermos ao menos assustá-las com um cheirinho a época de caça.

No entanto, há quem tenha a casa a arder e o dinheiro a voar com os bandos, e ainda fique impávido e sereno a olhar para a casa do vizinho. Não repara que, sem dinheiro para nova casa, fica a dormir na rua.

É muito mais útil fazer perguntas sobre barracas, do tipo: quem inventou os bandos? Ou: os bandos são amigos de quem? É um problema sério responder a perguntas, se as respostas estão muito próximas de nós.

A propósito de barracas, gostava de perceber como é possível, estar a ver a barraca do BES a ruir, ‘talqualmente’ outras ainda na memória. Já agora, mais uma barraca: quem é que anda mais interessado nas primárias?

Obviamente que os bandos dos tais bancos não estão nada preocupados com as barracas que andam dentro ou fora das cabeças que fazem muitas perguntas, quando sabem as respostas. Mas as barracas, vão continuar.