Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

afonsonunes

afonsonunes

26 Jan, 2014

LEÕES NO TALHO

 

 

O homem dos talhos, que é também um homem de apitos, anda em maré de azar, pois vai sendo frequente porem-lhe os bifes ao fresco. Não sei mesmo se não houve leões a passar-lhe os dentes por cima.

Para mim, o mais estranho, foi o facto de os leões fugirem de Penafiel de barriga cheia e, só porque os dragões também mataram a fome, embora fora de horas, foram atirar-se a uma águia que trazia o relógio atrasado.

Trazia, enquanto trazia o apito na boca. Mas à hora a que lhe foram ao bife, muito mais tarde, até podia já ter acertado o relógio. É verdade que os leões também já podiam ter, e tinham de certeza, a barriga a dar horas.

Para lá dos talhos e dos bifes, não compreendo por que carga de água é que uma águia foi pagar a fatura dos apetites de leões e dragões. Talvez seja, digo eu, por causa de uma taça de vinho do Porto de má qualidade.

É caso para dizer, porque é que os leões não beberam água. Mas também para dizer, por que motivo os dragões acordaram tão tarde. E ainda, o que terá levado a águia do talho a não oferecer o bife mais cedo ao dragão.

E é por teimosias destas que se vandaliza um talho, que se dá apenas meia taça de Porto ao Porto e se deixa uma águia frustrada por lhe darem um dragão, quando preferia, de longe, um leão. Só podem ser coisas de papa.

E, porque o dragão é um papa tudo, já arranjou alvará para ter um matadouro onde sangra águias e leões. A águia lá se vai aguentando com os seus talhos, enquanto o leão se dedica só, ao seu rebanho de ovelhas.

Claro que tudo isto anda nas bocas do mundo dos negócios. Os dragões, com o seu papa, dizem que são uma religião. Os leões dizem que, se isto não é uma vigarice, o que é. As águias dizem que isto já é demais. 

No entanto, tudo isto é linguagem de políticos do futebol. Tudo isto são coisas normais do desporto rei. Sobretudo, isto é desporto, embora com todas as virtudes e defeitos do desporto praticado de gravatinha ao peito.

 

 

 

2 comentários

Comentar post