Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

18 Fev, 2014

O PAÍS REFORMADO

 

 

Diz o nosso reformador Moedas que o governo já fez quatrocentas reformas que constavam do memorando, ou seja três por semana, desde que tomou assento em S. Bento. Só ainda não conseguiu reformar-se.

Mas isso também não é pressa nenhuma, até porque todos os elementos que o compõem sabem perfeitamente que a vida está muito má para os reformados. Mas, pelo contrário, está um luxo para os reformadores.

No entanto, ainda há reformas importantes que aguardam melhor oportunidade. Por exemplo, reformar o sistema prisional de modo a que Isaltino saia já da Carregueira, para que se dê utilidade aos seus méritos.

Ele é a pessoa ideal para preencher o cargo de diretor geral do fisco. Há muitos pretendentes, mas são todos muto sérios. Consta que nenhum deles foi visto a rir nos últimos três anos. Agora todos queriam o mesmo.  

Outra reforma urgente tem a ver com a narrativa de Sócrates. Tem de se reformar a narrativa já que ele ainda está novo para ser reformado. Para já, publique-se a história de Maria Luís, para fazer esquecer a narrativa.

Está já no prelo a nova versão da reforma de Vítor Gaspar, que o governo vai agora homologar, provavelmente como 403ª reforma da sua enorme série. Desta nova versão consta ainda a anulação da sua anterior reforma.

A reforma das reformas está mesmo pronta a ser divulgada pelo reformador Moedas, que só não o fez agora, porque não quis desperdiçar esse trunfo eleitoral. Será anunciado no mesmo dia da tal saída limpa.

Mas eu já o descobri. Vai ser continuado o túnel do Marão. Terá 126,01 Km, sempre debaixo de terra, para bater o mega túnel chinês, esse debaixo do mar. Para o nosso reformador, dois recordes confirmados.

Muita gente tem especulado com falatórios sobre reformas, reformados e outras contra reformas que só servem para denegrir a imagem luxuosa de que o país goza lá fora. Parem lá com isso. Ajudem-nos. Reformem-nos.