Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

 

Vou tentar corrigir esta ideia de que o Pedro só tem uma perna curta. Se assim fosse, isso notava-se quando está de pé e, muito mais, quando caminha. Quando caminha para a frente, como quando o faz para trás.

Ora, ele pode ter muitos defeitos, mas uma perna maior que a outra não tem. Assim que se note mais, tem o nariz excecionalmente comprido. Há quem não note, mas isso deve-se apenas a uma deficiência visual grave.

Já há quem diga que o país nunca teve um importante com o nariz tão comprido. Talvez o Pedro se sinta bem com a diferença. Há diferenças que honram e dignificam. Essa, é daquelas que levam o narigudo à história.

Sempre ouvi dizer que a mentira tem a perna curta. Não sei se o Pedro tem alguma coisa a ver com isso. Na verdade, ele tem a perna curta, mas daí a ter alguma coisa a ver com o nariz, vai o comprimento do dito.

Pelos vistos, nem o nariz, nem a perna curta, lhe prejudicam a imagem de rei da peta. E, ao que me parece, até há quem goste do Pedro assim. É que, se não fosse assim, o Pedro não era rei da peta. Mas, sem dúvida, é.

Mesmo tendo muito próximo de si o incorrigível vice-rei da peta. Mas, hierarquia é coisa que não deve permitir confusões. Rei é rei e vice-rei está um pouquinho mais abaixo. Acima de ambos, só o patrono da peta.

Realmente, só ainda não se percebeu o motivo de tanta peta, ainda não ter posto o país em alvoroço. Até dá a impressão que hoje em dia, os mentirosos e os narigudos, já conseguem fazer dos defeitos, virtudes.

A mentira tem a perna curta. E ela nem vai longe sem que seja desde logo detetada. Mas os tipos de perna curta, dá a impressão de que vão tão longe, que ninguém consegue apanhá-los. Mesmo sem meter cunhas.