Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

18 Out, 2015

Poda

 

Por esta altura já deve estar quase concluída a lavagem dos cestos das vindimas. Quer isto dizer que o vinho já está a caminho das pipas e que as vindimas já foram. É tempo de começar a pensar-se na poda que aí vem.

Gosto especialmente da poda, daí que a pratique durante todo ano. Há sempre qualquer coisa para podar, assim a gente tenha vocação para essa tarefa tão desafiante. Quando não se podam árvores poda-se nas pessoas.

Gosto de cultivar, tratar e ver crescer as vinhas da ira. Sobretudo, porque não há muita gente que o queira fazer, ou não fosse vulgar haver quem se deixe enredar nas gavinhas das videiras mais fortes. Por falta de tesoura.

Mas também gosto de fazer o vinho à minha maneira e ter o prazer de, chegado o dia de S. Martinho, ir à adega e provar o meu novo produto. Digo provar, pois não faço como alguns, que andam o dia todo a entornar.

Depois, acabam por ver tudo ao contrário, coisa que também me acontece a mim. Só que por motivos diferentes. Eles, porque o vinho, é a coisa que mais adoram. Eu, porque adoro a lucidez de confundir as pessoas chatas.

Parece que só de falar nisso já estou a sentir alguma turvação. Coisa que não quero de modo algum. Porque hoje é domingo e não quero perder a poda que vai começar na SIC, com um marreta a tentar fazer de martelo.

Por outro lado, também não posso perder a surpresa que já me mina por dentro, ao tentar descortinar quem vai aparecer na TVI à hora que era do martelo e que será do marreta na SIC. Espero que haja tesouras afiadas.

Atrevo-me a prever que na TVI aparecerá uma motosserra, pois a poda tem mesmo de ser mais pela pernada que pela rama. Levará metade do tempo a serrar Costa e outra metade a chorar a falta do saudoso martelo.

Já na SIC, a divisão do tempo será similar. Metade do tempo a marretar no Costa e a outra metade dividida pela saudade dos bons velhos tempos do trio, Cavaco, Passos, Portas. A esta hora já deve andar tudo num badanal.

Sobretudo com a altura das cadeiras, as distâncias dos micros, a correção da iluminação e a técnica da poda. Na SIC, a poda vai ter de ser muito por baixo. Não há escadote. Na TVI, vai ser poda de lenço na mão e nos olhos.