Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

afonsonunes

afonsonunes

24 Mai, 2020

Praia sim bola não

Ou muito me engano ou o campeonato da I Liga não vai chegar ao fim. Até poderá conseguir adiantar mais umas tantas jornadas. Mas a clubite é tal que um qualquer percalço nos resultados que mexam com a qualificação dará de imediato lugar a tanta contestação que levará a birras tais que tudo pára de imediato.

A guerra da substuição de Pedro Proença na direção da Liga de Clubes será também o primeiro abanão, senão o desmoronamento da tralha diretiva que dificilmente resistirá aos assaltos verbais que aí vêm. É que os culpados do sistema não resistirão a continuar a sua tática de anjinhos vítimas dos inocentes que todos os dias levam pancada dessas angelicais criaturas.

Por outro lado, vamos continuar a assistir aos mais que vendilhões do templo que apenas se preocupam com os muitos interesses de que vivem, quer ralhando, resmungando, escrevendo, comentando, emporcalhando o ambiente em que vivem ou, no caso dos maiores responsáveis pelo país, virando a cara para o lado, como se o fogo lhes queimasse os olhos, ou o ruído lhes, retirasse a obrigação de impor soluções a quem de modo nenhum quer abdicar de qualquer mudança saneadora.

Dinheiro para todos com fartura parece ser, ou é mesmo, a única preocupação, o único esforço, que fazem, os que pedem, exigem, e os que dão o que não têm, sem olhar a quem mais precisa parecendo privilegiar aqueles gananciosos que sonham pisar e passar por cima de quem nunca teve, ou já deixou de ter voz, de tanto gritar por socorro.

Venha pois a praia e que se vá a bola, mesmo tendo a certeza de que quem não pode ir à bola  também não pode ir à praia. Mas que fique a certeza de que na praia, não haverá chulos nem loucos, nem anjinhos endiabrados, nem inocentes massacrados que moam o juízo a quem só quer uns dias de descanso com a tranquilidade que o ar do mar oferece a todos por igual.